Saúde

Agosto Verde Claro: campanha alerta sobre o combate aos linfomas, cânceres que atingem o sistema linfático

Existem mais de 40 tipos de linfomas, divididos entre o de Hodgkin e os Não Hodgkin1

 

Agosto é o mês do combate ao linfoma, data instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com a campanha “Agosto Verde Claro” para alertar a população sobre a importância do diagnóstico precoce e do tratamento da doença. São mais de 40 tipos de linfomas, divididos em dois principais grupos, os linfomas Não Hodgkin e o linfoma de Hodgkin1. Em 2018, ambos tiveram, respectivamente, uma estimativa de 10.1802 e2.5303 novos casos no Brasil. 

Os linfomas são cânceres que têm origem no sistema linfático, uma rede de vasos, órgãos e gânglios do nosso corpo encarregado de distribuir as células de defesa por todo o organismo. A doença surge quando uma dessas células, um linfócito, sofre mutação e passa a se multiplicar de forma descontrolada. O fenômeno faz com que os gânglios aumentem de tamanho, podendo prejudicar as funções do sistema linfático1. 

Dr. Guilherme Perini, hematologista do Hospital Israelita Albert Einstein, explica as diferenças entre os tipos de linfomas: “A diferenciação está nas características das células cancerígenas, que são analisadas por um patologista por meio da biópsia. Quando o profissional identifica uma determinada célula especifica, este linfoma é classificado como linfoma de Hodgkin. Todos os outros casos são chamados então de linfoma não Hodgkin, com diversos tipos e nomes”, comenta o especialista.

Sintomas:

Em geral, os principais sintomas dos linfomas são gânglios palpáveis e endurecidos nas axilas, virilhas e pescoço, normalmente indolores. Existem, no entanto, outras doenças mais comuns que podem levar ao aumento dos gânglios, como quadros de infecção. Segundo o Dr. Perini, é importante procurar um especialista, caso os gânglios permaneçam por um longo período, como semanas, principalmente se forem acompanhados por outros sintomas como febre, cansaço persistente, suor intenso à noite e perda de peso1.

 

Incidência e diagnóstico:

“Como se trata de diversas doenças, existem diagnósticos de linfoma em qualquer idade. O linfoma de Hodgkin, por exemplo, é mais diagnosticado em pessoas entre os 15 e os 35 anos e em indivíduos com idade superior a 55 anos”, explica o médico. Para o diagnóstico alguns exames são necessários, como o físico, para procurar vestígios da doença nos linfonodos, além de exames de sangue e biópsia. A biópsia deve ser analisada por um patologista, que na sequência confirma o diagnóstico e encaminha o resultado para o hematologista, que dará sequência ao tratamento desse paciente em caso de linfoma, dependendo do tipo da doença e estágio1.

 

Tratamento:

Apesar do diagnóstico de câncer ser algo bastante impactante para o paciente, o especialista ressalta que o linfoma de Hodgkin, por exemplo, é um modelo de sucesso da oncologia moderna e há grandes esperanças de cura. “Atualmente, em estágios iniciais, cerca de 85 a 95% dos pacientes são curados na primeira linha de tratamento – quimioterapia associada ou não a radioterapia – o que ressalta a importância do diagnóstico precoce. Nos casos mais avançados, de 70 a 80% dos pacientes podem ser curados. E mesmo para os casos de recaída – quando a doença retorna depois de um período de remissão – ainda há outras opções medicamentosas”, explica.

 

Sobre a Takeda Pharmaceutical Company Limited

A Takeda Pharmaceutical Company Limited (TSE:4502) (NYSE:TAK)  é uma empresa global baseada em valores e orientada por Pesquisa e Desenvolvimento (P&D). Líder biofarmacêutica, a empresa tem sede no Japão e seu compromisso é trazer uma Saúde Melhor e um Futuro Mais Brilhante para pacientes do mundo inteiro, traduzindo ciência em medicamentos altamente inovadores. A Takeda concentra seus esforços de P&D em quatro áreas terapêuticas: Oncologia, Gastroenterologia, Neurociências e Doenças Raras. Também fazemos investimentos de P&D específicos em Terapias Derivadas de Plasma e Vacinas. Nosso objetivo é desenvolver medicamentos altamente inovadores que fazem a diferença na vida das pessoas, avançando na fronteira de novas opções de tratamento: aproveitamos nosso sistema colaborativo de Pesquisa e Desenvolvimento para criar um pipeline robusto e diversificado para diferentes modalidades. Nossos funcionários também abraçam o compromisso de melhorar a qualidade de vida dos pacientes, trabalhando com nossos parceiros na área da saúde em aproximadamente 80 países e regiões. Para outras informações, visite https://www.takeda.com

Referências:

 

1.        Abrale [Internet] Linfomas: Tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de câncer. Disponível em: http://abrale.org.br/docs/manual-linfomas.pdf. Acesso em 28 de junho de 2019

2.        Inca [Internet] Tipos de cancer: Linfoma Não Hodgkin. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/linfoma-nao-hodgkin. Acesso em 28 de junho de 2019.

3.        Inca [Internet] Tipos de cancer: Linfoma de Hodgkin. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/linfoma-de-hodgkin. Acesso em 28 de junho de 2019.

4.        Inca [Internet] Tipos de cancer: Linfoma de Hodgkin. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/linfoma-de-hodgkin. Acesso em 28 de junho de 2019.

 

  

Contatos:

Beatriz Calache – beatriz.calache@bcw-global.com

Tel: +55 (11) 3094-2287

Jéssica Assis – jessica.assis@bcw-global.com

Tel: +55 (11)  3040-2415

Juliana Paranaiba – juliana.paranaiba@bcw-global.com

   Tel: +55 (11) 3040-2391

 

 

[metaslider id=19407]

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo