Indústria

Dia Nacional do Imigrante Italiano: Lorenzetti e suas raízes no bairro da Mooca

Com história que se confunde com o desenvolvimento de São Paulo, a empresa é a maior metalúrgica da cidade, reconhecida em todo o território nacional

Celebrado em 21 de fevereiro, o Dia Nacional do Imigrante Italiano faz homenagem à primeira expedição de italianos ao Brasil, que ocorreu em 1874. Era o início de um processo cultural e industrial, que resultou na chegada e consolidação de uma das maiores colônias do País, com mais de 30 milhões de descendentes. No início de 1920, a viagem ao Brasil do engenheiro Alessandro Lorenzetti marcou os primeiros passos da trajetória de sucesso da Lorenzetti, que se tornaria referência em soluções práticas e econômicas, presente em milhares de lares brasileiros.

História de transformações. A Lorenzetti nasce em 1923, quando o engenheiro Alessandro Lorenzetti decidiu instalar em São Paulo a primeira fábrica brasileira de parafusos de precisão. Alguns meses depois, chegaram ao Brasil os seus filhos Lorenzo e Eugênio, que deram continuidade ao processo produtivo da empresa que se tornou a maior metalúrgica da cidade de São Paulo, com quatro áreas   instaladas na Mooca, o bairro mais italiano da capital paulista até hoje.

Presente há décadas nos lares brasileiros, a Lorenzetti se reinventou ao longo dos anos. A Segunda Guerra Mundial trouxe grandes desafios para a companhia. Devido à escassez de gasolina, de maneira inovadora, foram fabricados aparelhos que utilizavam o carvão como fonte de energia para o funcionamento de motores. Este equipamento, conhecido como gasogênio, era instalado em veículos automotores.

Na década de 30, a Lorenzetti passou a importar material elétrico de instalação, com exponencial crescimento após nacionalizar a produção na maior fábrica de materiais elétricos da América Latina.

Chuveiro elétrico automático. Na década de 50, a Lorenzetti iniciou a produção do produto, que se tornou uma verdadeira revolução no comportamento das pessoas, que tiveram acesso a banho quente e confortável. Assim, ao longo de sua história, a Lorenzetti é lembrada por ser pioneira no segmento, mantendo-se próxima da população brasileira a partir de soluções para o dia a dia. A linha de aquecimento foi rapidamente ampliada com torneiras e aquecedores elétricos.

Os anos 90 foram ainda mais marcantes para a Lorenzetti, que investiu seus esforços exclusivamente para a criação, produção e comercialização de aparelhos de uso residencial, diferenciando-se pela qualidade, alta tecnologia e inovação de seus produtos. Na próxima década, a marca passou a contar com purificadores de água, metais e aquecedores de água a gás.

Em 2012, a Lorenzetti entrou no segmento de iluminação e, em 2015, após a aquisição de parque fabril instalado em Poços de Caldas, em Minas Gerais, começou a fabricar louças sanitárias, oferecendo soluções completas para banheiros e lavabos.

“O nosso desafio há décadas é oferecer soluções que façam a diferença na vida das pessoas, levando conforto e praticidade. Esse desejo de inovar, somado à força de trabalho de mais de 4 mil pessoas, posiciona a Lorenzetti na vanguarda da produção industrial brasileira”, ressalta Paulo Galina, gerente de marketing da Lorenzetti.

Press à Porter

Fábio Borges
Coordenadora de Comunicação Corporativa
fabio@pressaporter.com.br
(11) 3813-1344 Ramal 45

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo