EconomiaEducação

Em junho, índice de confiança do comércio de SP registra pior resultado dos últimos oito meses

Índice recuou 1,6% em relação a maio e atingiu 127,45 pontos
O IFECAP de junho atingiu 127,45 pontos, na série com ajuste sazonal, variação negativa de 1,6% em relação ao mês de maio. O resultado negativo desse mês foi puxado pela contração das expectativas dos empresários em relação aos resultados futuros, o Índice Futuro registrou queda de 3,3%.
O Índice Momento Atual dos Negócios, que representa a confiança do comerciante no mercado atualmente, sofreu variação de 0,1% em relação ao mês anterior. No entanto, os resultados estão 9,5% acima dos verificados no mesmo período do ano anterior.
No mês de junho, o Índice Momento Atual atingiu 108,22 pontos. O Índice Momento Atual das Vendas registrou nova queda nesse mês com redução de 3,4%. O Índice Momento Atual – Situação dos Negócios, por sua vez, recuperou parte das perdas anteriores e registrou alta de 3,2%.
Já o Índice Momento Atual das Encomendas oscilou em 0,3%. O Índice Momento Atual dos Negócios, apesar das oscilações dos últimos meses, permanece acima dos resultados verificados em 2018; nesse mês, o índice ficou 4,2% acima dos valores do mesmo mês do ano anterior.
O Índice Futuro nesse mês registrou redução de 3,3% na comparação com o mês anterior. Contudo, o Índice continua com alta expectativa positiva com 156,28 pontos, na série com ajuste sazonal. A contração de junho se deve à redução nas expectativas de futuras encomendas. Mesmo assim, os números são positivos na comparação com o mesmo período do ano anterior, pois os valores cresceram em 15,6%.
 
 
 
 
 
 
 

 

image.png

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo