Comunicação

Smart City Laguna oferece soluções inteligentes para o Mercado imobiliário

Com a proposta de suprir parte do déficit habitacional na Região Nordeste, o Grupo Planet investiu cerca de US$ 50 milhões em operações incluindo a  construção da Smart City Laguna, primeira cidade social inteligente do Brasil, localizada em São Gonçalo do Amarante (CE), na Região Metropolitana de Fortaleza. O empreendimento que comportará cerca de 25 mil pessoas, foi financiado com recursos próprios e está sendo edificado pela empresa brasileira SG Desenvolvimento, cujos sócios fundadores tem 25 anos de experiência no mercado imobiliário e na construção civil nacional e internacional.

As cidades inteligentes têm conseguido equilibrar alto padrão de infraestrutura, inteligência, inovação, tecnologia, inclusão social e acessibilidade em um único espaço, promovendo a qualidade de vida dos moradores.

A Smart City Laguna é um ótimo exemplo de empreendimento social sustentável e seu projeto apresenta diversas soluções que facilitam a vida dos moradores e incentivam a economia compartilhada.

Destaques da Smart City

A Iluminação pública inteligente é realizada por meio de luminárias de LED. Entre as vantagens está a economia, com redução de cerca de 70% do consumo, comparado com as lâmpadas de vapor de mercúrio. Essa tecnologia é mais sustentável, requer menos manutenção e gera maior conforto visual e segurança, contribuindo para que os moradores possam ter um desempenho visual melhor do que acontece no ambiente. É importante ressaltar que toda a Avenida Imperial, principal via da Smart City Laguna, possui Rede Elétrica Subterrânea, bem como em toda a segunda etapa, ainda em desenvolvimento, como resultado da parceria estabelecida com a ENE

  • Bacia de retenção de água da chuva

A lagoa é uma bacia de retenção de água da chuva, onde é mantida um manancial permanente. Dimensionando-a adequadamente, volumes maiores de água podem ser temporariamente retidos. O uso dessa solução contribui também no auxílio da drenagem profunda de água pluvial que é direcionada à Lagoa.

  • Hortas urbanas

As hortas urbanas podem ser um elemento importante no contexto de uma proposta de cidade inovadora. A resposta da comunidade à inclusão de hortas depende das condições socioeconômicas e ambientais de cada local. As vantagens que podem resultar dessa prática são: melhorias na questão sanitária (frescor e qualidade dos alimentos), início e consolidação de práticas de socialização, redução do consumo de energia resultante do ciclo de compras fora do ecossistema urbano (alimentos, transporte) e economia (devido ao autoabastecimento de alimentos).

  • Rede elétrica subterrânea

Toda cidade, seja ela nova ou sujeita a grandes obras de renovação, deve ser equipada com uma infraestrutura física de multisserviço. Uma dessas infraestruturas consiste na fiação subterrânea: espaços de instalação adequados, com dutos embutidos separadamente no solo e pontos de acesso. Em Laguna, a Avenida Imperial, principal via da cidade, foi totalmente projetada com a rede elétrica subterrânea. Além disso, toda a segunda etapa da cidade contará com essa solução. Tal sistema evita problemas de descarga na rede elétrica, reduz os riscos de queda de raios e contribui na estética da cidade.

  • Hub de Inovação

É o coração social do projeto, um lugar onde seus moradores podem experimentar e aprender com uma seleção de produtos inovadores adequados à cidade. É uma oportunidade para conhecer as vantagens que as inovações podem trazer para o dia a dia, além de ser sede da biblioteca, do cinema, cursos de ingles e promover processos de alfabetização tecnológica – tudo gratuitamente. O Hub tem como objetivo apresentar as novidades propostas para a Smart City, que podem vir a ser implementadas no futuro. A cidade será vista como um parque tecnológico difundido que atrairá investimentos e gerará retornos econômicos para residentes e investidores.

  • Sistema de controle da qualidade do ar

Entre os vários sistemas de controle da qualidade do ar, existem unidades de coleta de dados que podem ser instaladas em pontos estratégicos da cidade. A coleta de dados sobre os vários poluentes é enviada periodicamente para um centro de controle, que organiza a visualização desses dados em pontos interativos instalados em diveros locais da Cidade Inteligente. Dessa forma, os cidadãos podem monitorar a qualidade do ar e implementar ações de Centro administrativo do bairro

  • Beacon

Aparelhos de proximidade que permitem o recebimento de informações úteis de maneira rápida e fácil no celular.

Carona comunitária

Através do aplicativo PLANET App, um usuário disponibiliza o próprio veículo para que outros usuários, tendo

que fazer o mesmo trajeto, contribuam com quantias adequadas para cobrir uma parte das despesas.

Dispositivo para a segurança pessoal essa função do aplicativoda PLANET, permite relatar situações perigosas, solicitar ajuda e/ou resgate e ainda ativar um círculo de pessoas em caso de necessidade, entre outras funções.

  • Rastreador de crianças

Dispositivo que permite monitorar as atividades das crianças na Cidade, a ferramenta que é paga   já está a disposição dos moradores, outras atividades estão a disposição dos usuários gratuitamente.

  • Automação residencial

Garante um controle constante da casa de forma remota, permitindo ligar e desligar dispositivos domésticos, monitorar o consumo e verificar se tudo está seguro.

Eletrodomésticos cada vez mais autônomos e sistemas personalizados que podem ser controlados remotamente. A  ferramenta que é paga   já está a disposição dos moradores, outras atividades estão a disposição dos usuários gratuitamente.

  • Diretrizes de boas práticas

O consumo também depende do estilo de vida dos cidadãos, que muitas vezes adotam comportamentos errados simplesmente pela da falta de informação. Por isso, prevê-se a criação de diretrizes que promovem mudanças de estilos de vida, incentivando a redução do consumo e aumentando a sensibilidade de empresas, estabelecimentos públicos, alojamentos, escolas e associações. A implementação pode ocorrer por meio de cartazes em áreas públicas e kits de boas práticas entregues a seus moradores.

  • Gestor social

gestor social é responsável por facilitar a constituição de grupos nos bairros e fornecer ferramentas de planejamento e governança, que facilitem o compartilhamento de serviços e experiências entre os moradores. Fornece informações e suporte para que ocorram cursos, treinamentos em grupo, organização de eventos e tudo relacionado à interação social entre os cidadãos. Trata-se de uma equipe qualificada, capaz de estimular o envolvimento dos moradores no cuidado das áreas comuns.

  • Biblioteca de objetos

A biblioteca de objetos é um espaço físico onde é possível alugar ou trocar objetos e equipamentos específicos que não são usados diariamente. Como alternativa ao descarte dos objetos que não são mais necessários, a biblioteca oferece a possibilidade de emprestá-los, disponibilizando-os para a comunidade. É uma ferramenta de economia compartilhada que incentiva seus moradores a recuperar, reciclar e reutilizar objetos.

  • Troca de livros

A troca de livros é estruturada de forma que qualquer pessoa com algum livro possa deixá-lo em um local predefinido para que possa ser lido por outras pessoas. O projeto visa estimular as relações sociais dentro do condomínio/bairro, onde a venda ou troca de um livro possa se tornar uma oportunidade de adquirir conhecimento ou dialogar com outras pessoas. O único elemento necessário para a iniciativa é um local de armazenamento, acompanhado de um sinal que mostre uma breve descrição da prática proposta.

Atendimento à imprensa

Visar Planejamento
www.visarplan.com.br
11 3079-0123

Christiane Alves
christiane@visarplan.com
(11) 9 943 67251

Visarplan

Christiane Alves
Assessora de imprensa
christiane@visarplan.com
(11) 99436-7251

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar