Comunicação

Dia Internacional da Mulher – Estela Rocha, curadora na Sputnik fala sobre Empoderamento Feminino

Empoderar-se tem muito mais a ver com a coletividade do que com o indivíduo, por que ninguém se empodera sozinha', explica.

No próximo dia 8 de março comemoramos o Dia Internacional da Mulher, por isso, podemos usar a data como base para contar histórias sobre empoderamento feminino, mulheres no mercado de trabalho, mulheres no futuro do trabalho e mulheres de sucesso no ramo em que atuam.

Para falar sobre o tema, Estela Rocha, curadora e gestora de projetos na Sputnik, B2B da Perestroika, maior escola brasileira de atividades criativas que investiu em um modelo de Experience Learning para levar inovação e disrupção para dentro das empresas, acredita que o empoderamento é um processo de simbiose entre o individual e o coletivo por uma transformação social e cultural profunda relacionado a emancipação e erradicação de todas as desigualdades e desmonte da escala tóxica de privilégios.

“O termo empoderamento vem de “empowerment”, é um neologismo cunhado, inicialmente, por Paulo Freire no Brasil. Esse termo que está em voga atualmente já foi muito usado dentre escritoras feministas negras no passado, que trouxeram um sentido para a palavra na nossa cultura. Empoderar-se tem muito mais a ver com a coletividade do que com o indivíduo, por que ninguém se empodera sozinha” concluiu.

Vinicius Cordoni

Renata Rosa
renata@viniciuscordoni.com
(11) 99432-5186

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo