AgronegócioEconomia

Raízen comemora 2.000 dias sem acidentes com afastamento nos terminais de distribuição de combustíveis

Investimentos em políticas voltadas à segurança se tornaram um diferencial na cultura de prevenção da companhia 

A Raízen, uma das maiores companhias no setor de distribuição e comercialização de combustíveis, por meio da marca Shell, com a ajuda de seus funcionários e de constantes investimentos, atingiu um feito histórico: a empresa está há 2 mil dias sem acidentes com afastamento nas operações dos terminais de distribuição de combustíveis, o que equivale a cinco anos e meio sem nenhum registro de acidentes. A conquista é uma amostra de que, com uma equipe engajada e em constante desenvolvimento, é possível promover um ambiente de trabalho íntegro, seguro e colaborativo.

A Raízen investe continuamente em programas voltados à segurança que envolvem não só treinamentos, como também ações educativas. A marca atingida serve como referência no aprimoramento dos padrões de segurança e na elevada capacitação dos profissionais envolvidos em ações de prevenção. Com base em ferramentas de avaliação de riscos, a área de SSMA – Saúde, Segurança e Meio Ambiente – atua fortemente com dois grandes sistemas de gestão: SIGO (Sistema Integrado de Gestão de Operações) e Sistema Alerta!, que focam na prevenção de acidentes por meio da consciência  comportamental.

Do escritório ao terminal de distribuição, dos cargos de lideranças aos operadores, o objetivo da Raízen é fazer com que os mais de 29 mil colaboradores sejam agentes de mudança no segmento que atuam. Por isso, todo ano-safra são promovidas diversas ações para reforçar a meta de Zero Acidentes, como o Dia da Segurança, que desde 2017 mobiliza toda a companhia, durante um dia inteiro, para conscientizar os funcionários sobre a importância de procedimentos seguros. Assim como essa ação, também contamos com programas de capacitação, como o Dono da Área, que qualifica supervisores para se tornarem multiplicadores de boas práticas; além do Desafio de Brigadas, que aprimora os conhecimentos técnicos das equipes de resposta às emergências e incentiva a integração das equipes de todo o país para trocar experiências.

Davi Araújo, gerente de SSMA da Raízen, destaca que segurança é fundamental no resultado de um trabalho bem feito. “Os investimentos em segurança tornam os processos internos ainda mais produtivos, reduzindo custos e elevando ganhos de qualidade e eficiência. Atingir bons resultados na adoção de programas de boas práticas, é um sinal que estamos no caminho certo na nossa busca permanente por melhorias nas entregas e como um diferencial competitivo da companhia”, ressalta Araújo. Como resultado, os cinco anos completados sem acidentes nas operações da Raízen reforçam que ao eliminar as situações de risco, é possível prevenir incidentes.

 

SOBRE A RAÍZEN

A Raízen é uma empresa integrada de energia que atua em todas as etapas do processo, desde o cultivo da cana, com a produção de açúcar, etanol e bioenergia, até a comercialização, logística e distribuição de combustíveis, tão essenciais no dia a dia das pessoas e dos negócios. Conta com um time de cerca de 29 mil funcionários, que trabalha todos os dias para crescer junto com a companhia e gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do País, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir do bagaço da cana.

Com 860 mil hectares de áreas agrícolas cultivadas – e uma das maiores no setor de combustíveis, com mais de 7.000 postos da marca Shell – além de cerca de 1.000 lojas de conveniência Shell Select, considerando Brasil e Argentina. Destaca-se como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no país, com R$ 103,9 bilhões na safra 18´19.

São 26 unidades de produção de açúcar, etanol e bioenergia – e uma planta de etanol 2G – com capacidade instalada para moagem de 73 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, que produzem cerca de 2,5 bilhões de litros de etanol por ano e 4,2 milhões de toneladas de açúcar.

As unidades têm capacidade instalada de cerca de 1GW para geração de energia e produzem, por ano, 3,64 TWh de energia elétrica a partir da biomassa, dentre elas o bagaço da cana-de-açúcar. Por meio de sua atuação no mercado livre de energia em conjunto com a WX Energy, a empresa comercializou cerca de 16,6 TWh de energia na safra 18´19.

Nos segmentos de transporte, indústria e varejo, a Raízen comercializa a cada ano aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis, e opera em todas as regiões do País por meio de 68 bases de abastecimento em aeroportos e 68 terminais de distribuição de combustível.

Na Argentina, onde começou a atuar em 2018 com a compra dos ativos de downstream da Shell, a Raízen comercializa aproximadamente 6 bilhões de litros de combustíveis por ano, incluindo uma rede com 665 postos Shell, uma refinaria, uma planta de lubrificantes, três terminais terrestres, duas bases de abastecimento em aeroportos e ativos de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo).

A Fundação Raízen desenvolve uma relação sustentável e cooperativa com as comunidades vizinhas às suas unidades, tendo beneficiado mais de 13 mil alunos e 4 milhões de pessoas, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania.

 

Para mais informações:

Raízen

Loures Consultoria – Comunicação e Relações Corporativas

+55 11 2391.5005 – ramal 124

 

Vivian Tiemi

Tel: + 55 11 99968-9678

vivian.tiemi@loures.com.br

 

Juliana Duarte

Tel: + 55 11 98233-6884

Juliana.duarte@loures.com.br

Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar