AgronegócioCiência

Mais ciência sobre abelhas

Sistemas de informação idealizados e organizados pela A.B.E.L.H.A. promovem a pesquisa sobre abelhas nativas

Em um momento em que cresce o debate sobre a queda das populações de insetos no mundo e suas possíveis causas, o Brasil avança nos estudos científicos sobre suas abelhas nativas. O fomento à geração de conhecimento vem, sobretudo, por parte de iniciativas privadas e não governamentais, contrapondo o contexto atual de redução da verba pública para a pesquisa no País.

Um exemplo é o surgimento de ferramentas digitais que oferecem um caminho mais curto para acessar o conhecimento científico disponível sobre abelhas e polinizadores.

Nesse cenário, a Associação Brasileira de Estudos das Abelhas (A.B.E.L.H.A.) lança hoje a marca InfoA.B.E.L.H.A., plataforma que incorpora os dois sistemas de busca desenvolvidos pela A.B.E.L.H.A:

Os dois sistemas mantêm os seus nomes, mas ganham agora um “apelido”, uma forma mais simples de identificação: InfoA.B.E.L.H.A. – Neotropicais e InfoA.B.E.L.H.A. – Abelhas-Plantas.

Identidade
O objetivo da nova marca é popularizar e estimular o seu acesso para um público mais amplo. “A ferramenta já é bem conhecida e utilizada no meio acadêmico e governamental. Mas queremos que seja útil para todos os interessados no tema, como ambientalistas, professores e alunos do ensino médio e, principalmente, agricultores e criadores de abelhas”, diz Ana Lucia Assad, diretora-executiva A.B.E.L.H.A..

Ela explica que o InfoA.B.E.L.H.A. é um aliado para conservação das abelhas nativas do Brasil. “Em um momento de crescimento da meliponicultura (criação de abelhas sem ferrão), é importante que os criadores trabalhem apenas com espécies nativas da sua região, para evitar possíveis desequilíbrios ecológicos. Esse cuidado é possível graças à indicação de distribuição geográfica oferecida pela plataforma”, explica Assad.

Também agricultores podem usar a ferramenta, por exemplo, para identificar quais as espécies de plantas nativas e abelhas ocorrem nas áreas de seus cultivos, sendo útil para recuperação de áreas florestais e tomando precauções na aplicação de defensivos.

O InfoA.B.E.L.H.A. 
O sistema agrega, organiza e compartilha dados sobre taxonomia e ocorrência das espécies nativas do Brasil. É a maior fonte agregadora de informações sobre espécies neotropicais do Brasil e uma das maiores do mundo.

Ao pesquisar uma abelha pelo nome científico ou popular, o usuário da plataforma tem acesso a um amplo conteúdo, que inclui um inventário de todos os registros da espécie em coleções no Brasil e no mundo, estudos e teses relacionados, fotos e ocorrências geográficas, além de uma relação de plantas visitadas pelos respectivos insetos. Informações que antes estavam dispersas.

As plataformas foram elaboradas em parceria com o Centro de Referência em Informação Ambiental (CRIA), entidade com experiência em desenvolver ‘e-infraestruturade dados’ e ferramentas sobre biodiversidade de acesso aberto e gratuito.

Acesso às plataformas:
InfoA.B.E.L.H.A. – Neotropicaisabelha.cria.org.br
InfoA.B.E.L.H.A. – Abelhas-Plantas: abelhaseplantas.cria.org.br

Sobre a A.B.E.L.H.A.

A Associação Brasileira de Estudos das Abelhas (A.B.E.L.H.A.) é uma organização sem fins lucrativos, cuja principal missão é reunir, produzir e divulgar informações – com base científica e a colaboração de uma rede de parceiros – que visem à conservação das abelhas e outros polinizadores no Brasil, promovendo seu papel na biodiversidade e a convivência harmônica e sustentável com as diferentes culturas agrícolas.

Acesse www.abelha.org.br para conhecer mais sobre polinização e boas práticas.
Siga-nos no Twitter @AbelhaOrg
Curta nossa página em Facebook.com/abelhaorg
Aprenda sobre as abelhas no Instagram

Atendimento à imprensa
Antonio Celso Villari

+ 55 11 97605-8574
antonioc.villari@abelha.org.br

Guilherme Castellar
+ 55 11 99618-3301
guilherme.castellar@abelha.org.br

Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar